Poemas de amor

Ordenar por: Mais NovasMais VisitadasMais Compartilhadas
Laço de amorMário QuintanaEu nunca tinha reparado como é curioso um laço… uma fita dando voltas.  Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula e pronto: está dado o laço.  É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de braço.  É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo, no vestido, em qualquer coisa onde o faço.  E quando puxo uma ponta, o que é que acontece? Vai escorregando… devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço.  Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido.  E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.  Ah! Então, é assim o amor, a amizade.  Tudo que é sentimento.  Como um pedaço de fita.  Enrosca, segura um pouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora, deixando livre as duas bandas do laço.  Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade.  E quando alguém briga, então se diz: romperam-se os laços.  E saem as duas partes, igual meus pedaços de fita, sem perder nenhum pedaço.  Então o amor e a amizade são isso…  Não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam.  Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço!

Laço de amorMário QuintanaEu nunca tinha reparado como é curioso um laço… uma fita dando voltas. Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula e pronto: está dado o laço. É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de braço. É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo, no vestido, em qualquer coisa onde o faço. E quando puxo uma ponta, o que é que acontece? Vai escorregando… devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço. Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido. E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço. Ah! Então, é assim o amor, a amizade. Tudo que é sentimento. Como um pedaço de fita. Enrosca, segura um pouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora, deixando livre as duas bandas do laço. Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade. E quando alguém briga, então se diz: romperam-se os laços. E saem as duas partes, igual meus pedaços de fita, sem perder nenhum pedaço. Então o amor e a amizade são isso… Não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam. Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço!

Podem existir mil obstáculos, mas nada fará com que meu amor por ti morra. Atravessarei até os maiores mares, mas não existirá água suficiente que afogue o amor que sinto por você.Subirei até a montanha mais alta do mundo, só para te ver, e de lá gritarei seu nome para ver se me ouve, e se me ouvires, direi uma só frase: Eu te amo.E quando o vento passar, levará consigo o que eu disse, e quando ele soprar em seu ouvido, escutarás junto ao vento: Eu te amo.E toda vez que o vento soprar em seu ouvido, não será só apenas o vento, mas eu dizendo que te amo.

Podem existir mil obstáculos, mas nada fará com que meu amor por ti morra. Atravessarei até os maiores mares, mas não existirá água suficiente que afogue o amor que sinto por você.Subirei até a montanha mais alta do mundo, só para te ver, e de lá gritarei seu nome para ver se me ouve, e se me ouvires, direi uma só frase: Eu te amo.E quando o vento passar, levará consigo o que eu disse, e quando ele soprar em seu ouvido, escutarás junto ao vento: Eu te amo.E toda vez que o vento soprar em seu ouvido, não será só apenas o vento, mas eu dizendo que te amo.

1